Sábado, 10 de Setembro de 2011
...

"Resposta ao Caríssimo que veio aos jornais INDIGNAR-SE contra os professores.Tal demonstra bem como os Prof´s trabalham tanto e "nem se dá por ela".  Caro anónimo indignado com a indignação dos professores,Homens (e as mulheres) não se medem aos palmos, medem-se, entre outras coisas, por aquilo que afirmam, isto é, por saberem ou não saberem o que dizem e do que falam.O caro anónimo mostra-se indignado (apesar de não aceitar que os professores também se possam indignar! Dualidade de critérios deste nosso estimado anónimo... Mas passemos à frente) com o excesso de descanso dos professores: afirma que descansamos no Natal, no Carnaval, na Páscoa e no Verão, (esqueceu-se de mencionar que também descansamos aos fins-de-semana). E o nosso prezado anónimo insurge-se veementemente contra tão desmesurada dose de descanso de que os professores usufruem e de que, ao que parece, ninguém mais usufrui. Ora vamos lá ver se o nosso atento e sagaz anónimo tem razão. Vai perdoar-me, mas, nestas coisas, só lá vamos com contas. O horário semanal de trabalho do professor é 35 horas. Dessas trinta e cinco, 11 horas (em alguns casos até são apenas dez) são destinadas ao seu trabalho individual, que cada um gere como entende. As outras 24 horas são passadas na escola, a leccionar, a dar apoio, em reuniões, em aulas de substituição, em funções de direcção de turma, de coordenação pedagógica, etc., etc. Bom, centremo-nos naquelas 11 horas que estão destinadas ao trabalho que é realizado pelo professor fora da escola (já que na escola não há quaisquer condições de o realizar): preparação de aulas, elaboração de testes, correcção de testes, correcção de trabalhos de casa, correcção de trabalhos individuais e/ou de grupo, investigação e formação contínua. Agora, vamos imaginar que um professor, a quem podemos passar a chamar de Simplício, tem 5 turmas, 3 níveis de ensino, e que cada turma tem 25 alunos (há casos de professores com mais turmas, mais alunos e mais níveis de ensino e há casos com menos - ficamos por uma situação média, se não se importar). Para sabermos o quanto este professor trabalha ou descansa, temos de contar as suas horas de trabalho. Vamos lá, então, contar:1. Preparação de aulas: considerando que tem duas vezes por semana cada uma dessas turmas e que tem três níveis diferentes de ensino, o professor Simplício precisa de preparar, no mínimo, 6 aulas por semana (estou a considerar, hipoteticamente, que as turmas do mesmo nível são exactamente iguais -- o que não acontece -- e que, por isso, quando prepara para uma turma também já está a preparar para a outra turma do mesmo nível). Vamos considerar que a preparação de cada aula demora 1 hora. Significa que, por semana, despende 6 horas para esse trabalho. Se o período tiver 14 semanas, como é o caso do 1.º período do presente ano lectivo, o professor gasta um total de 84 horas nesta tarefa.2. Elaboração de testes: imaginemos que o prof. Simplício realiza, por período, dois testes em cada turma. Significa que tem de elaborar dez testes. Vamos imaginar que ele consegue gastar apenas 1 hora para preparar, escrever e fotocopiar o teste (estou a ser muito poupado, acredite), quer dizer que consome, num período, 10 horas neste trabalho.3. Correcção de testes: o prof. Simplício tem, como vimos, 125 alunos, isto implica que ele corrige, por período, 250 testes. Vamos imaginar que ele consegue corrigir cada teste em 25 minutos (o que, em muitas disciplinas, seria um milagre, mas vamos admitir que sim, que é possível corrigir em tão pouco tempo), demora mais de 104 horas para conseguir corrigir todos os testes, durante um período.4. Correcção de trabalhos de casa: consideremos que o prof. Simplício só manda realizar trabalhos para casa uma vez por semana e que corrige cada um em 10 minutos. No total são mais de 20 horas (isto é, 125 alunos x 10 minutos) por semana. Como o período tem 14 semanas, temos um resultado final de mais de 280 horas.5. Correcção de trabalhos individuais e/ou de grupo: vamos pensar que o prof. Simplício manda realizar apenas um trabalho de grupo, por período, e que cada grupo é composto por 3 alunos; terá de corrigir cerca de 41 trabalhos. Vamos também imaginar que demora apenas 1 hora a corrigir cada um deles (os meus colegas até gargalham, ao verem estes números tão minguados), dá um total de 41 horas.6. Investigação: consideremos que o professor dedica apenas 2 horas por semana a investigar, dá, no período, 28 horas (2h x 14 semanas).7. Acções de formação contínua: para não atrapalhar as contas, nem vou considerar este tempo.  Vamos, então, somar isto tudo: 84h+10h+104h+280h+41h+28h=547 horas. Multipliquemos, agora, as 11horas semanais que o professor tem para estes trabalhos pelas 14 semanas do período: 11hx14= 154 horas. Ora 547h-154h=393 horas. Significa isto que o professor trabalhou, no período, 393 horas a mais do que aquelas que lhe tinham sido destinadas para o efeito.  Vamos ver, de seguida, quantos dias úteis de descanso tem o professor no Natal. No próximo Natal, por exemplo, as aulas terminam no dia 18 de Dezembro. Os dias 19, 22 e 23 serão para realizar Conselhos de Turma, portanto, terá descanso nos seguintes dias úteis: 24, 26, 29 30 e 31 de Dezembro e dia 2 de Janeiro. Total de 6 dias úteis. Ora 6 dias vezes 7 horas de trabalho por dia dá 42 horas. Então, vamos subtrair às 393 horas a mais que o professor trabalhou as 42 horas de descanso que teve no Natal, ficam a sobrar 351 horas. Quer dizer, o professor trabalhou a mais 351 horas!! Isto em dias de trabalho, de 7 horas diárias, corresponde a 50 dias!!! O professor Simplício tem um crédito sobre o Estado de 50 dias de trabalho. Por outras palavras, o Estado tem um calote de 50 dias para com o prof. Simplício.  Pois é, não parecia, pois não, caro anónimo? Mas é isso que o Estado deve, em média, a cada professor no final de cada período escolar. Ora, como o Estado somos todos nós, onde se inclui, naturalmente, o nosso prezado anónimo, (pressupondo que, como nós, tem os impostos em dia) significa que o estimado anónimo, afinal, está em dívida para com o prof. Simplício. E ao contrário daquilo que o nosso simpático anónimo afirmava, os professores não descansam muito, descansam pouco!  Veja lá os trabalhos que arranjou: sai daqui a dever dinheiro a um professor. Mas, não se incomode, pode ser que um dia se encontrem e, nessa altura, o amigo paga o que deve.   Para que seja clarificada a situação, para que todos estejamos correctamente informados , por favor, reencaminhem para todos os amigos, conhecidos e anónimos!!!"



publicado por Suaveneno às 16:31
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 14 de Julho de 2010
Chás...

Chá Verde

 

Apesar de ser amargo, este chá ajuda a queimar calorias, inibe o estoque de gordura e ainda dá uma mãozinha para a digestão. Só não vale consumir mais 1,5 litro por dia.

 

Chá Camomila

 

Combate o stress, ajuda a acalmar. Como resultado, reduz o risco de comer além da conta por pura ansiedade. Consumir 4 chavenas (800ml) todos os dias.

 

Chá de Flor de Hibisco

 

"Diurético, ele combate a retenção de líquidos e contribui para a melhora da celulite".

 

Dente de Leão

 

Acaba com a prisão de ventre e é diurético. Consuma até 2 chavenas (400ml) diariamente.

 

Chá de Cavalinha

 

De alto potencial diurético, este chá é muito eficiente no combate ao inchaço e à retenção de líquidos. O ideal é consumir 3 chavenas (600ml) de chá por dia.

 

Chá Branco

 

É parecido com o chá verde, pois é feito a partir da mesma planta. A diferença está no processamento do chá. Consumir 2 chavenas (400ml) por dia.

 

Fonte: revista Dieta Anti Barriga



publicado por Suaveneno às 00:20
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 10 de Maio de 2010
Um Anuncio que Todos deviam de ver...

 



publicado por Suaveneno às 19:00
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 1 de Março de 2010
Milagre?!!...

Bebé sobrevive en Argentina tres días sola y con herida de bala en pecho

 

"Um bebé de sete meses sobreviveu por três dias, com um tiro no peito, cercado pelos cadáveres de seus pais e seu irmão, que morreu após um aparente pacto suicida, porque o casal estava aterrorizada com o aquecimento global , a mídia argentina nesta segunda-feira.

 

O evento, que publica o jornal Clarín, ocorreu em uma casa humilde, na cidade de Goya, na província de Corrientes (nordeste), onde Francisco viveu Lotero, 56, e Miriam Coletti, 22, com seus dois filhos pequenos .

 

De acordo com fontes citadas pelo jornal de Buenos Aires, os vizinhos do casal quinta-feira passada, que sentiu um forte cheiro vindo da casa Lotero.

 

A polícia entrou no apartamento e encontrou uma cena horrível: o corpo do jovem baleado no tórax e seu filho de dois anos com uma bala nas costas.

 

Em outra sala, a polícia encontrou vivo, embora coberto com o sangue de uma ferida de bala no peito, um bebê de sete meses, foi hospitalizado imediatamente e melhorou significativamente a cada hora, conforme relatado pelos médicos.

 

Agentes encontraram sobre a mesa uma carta que se refere à preocupação do casal sobre o aquecimento global e sua irritação com a falta de interesse dos governantes nessa situação."

 

Fonte: http://www.rpp.com.pe/2010-02-27-bebe-sobrevive-en-argentina-tres-dias-sola-y-con-herida-de-bala-en-pecho-noticia_245756.html



publicado por Suaveneno às 20:14
link do post | comentar | favorito

Domingo, 30 de Março de 2008
Já viram um rio passar por cima de outro?

 

 

 

 

 

 



publicado por Suaveneno às 03:03
link do post | comentar | favorito

Por favor Assina... e passa a mensagem...

Como muitos devem saber e até ter protestado, em 2007,Guillermo Vargas Habacuc, um suposto artista, acolheu um cão abandonado de rua, atou-o a uma corda curtíssima na parede de uma galeria de arte e ali o deixou, a morrer lentamente de fome e sede.


Durante vários dias, tanto o autor de semelhante crueldade, como os visitantes da galeria de arte presenciaram impassíveis à agonia do pobre animal. 
 

Até que finalmente morreu, seguramente depois de ter passado por um doloroso, absurdo e incompreensivel calvario.

[
http://img505.imageshack.us/img505/1990/dscn8139vk6.jpg]
[
http://img339.imageshack.us/img339/5848/dscn8146pu4.jpg]
[
http://img259.imageshack.us/img259/5720/dscn8153yv8.jpg]
[
http://img218.imageshack.us/img218/7240/navitividad1cq9.jpg]
[
http://img218.imageshack.us/img218/7937/navitividad4so6.jpg]
[
http://img218.imageshack.us/img218/5895/perritoho5.jpg]

Parece-te forte?

Pois isso nao é tudo: a prestigiosa Bienal Centroamericana de Arte
decidiu, incompreensivelmente, que a selvageria que acabava de ser cometida
por tal sujeito era arte, e deste modo tão incompreensível Guillermo Vargas
Habacuc foi convidado a repetir a sua cruel acção na dita Bienal em 2008.

Facto que podemos tentar impedir, colaborando com a assinatura
nesta petição :

http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html

(não tem que se pagar, nem registar) para enviar a petição, de modo
que este homem não seja felicitado nem chamado de 'artista' por tão cruel
acto, por semelhante insensibilidade e disfrute com a dor alheia.


REENVIA ESTA MENSAGEM A TODOS OS TEUS CONTACTOS, POR FAVOR.

Se puseres o nome do 'artista' no Google, saem as fotos deste pobre
animal e seguramente também aparecerão páginas web onde poderás confirmar a
veracidade da informação.

 

Aqui ficam algumas fotos, para que vejam ao ponto que chega a estupidez de certas pessoas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vou ser muito sincera, agora acho que deviam de fazer o mesmo ao artista e a todos aqueles que o apoiaram e aí sim eu diria que era arte e que deviam de atribuir o Prémio Nobel, mas só quando os visse todos estendidos no chão...


 



publicado por Suaveneno às 02:49
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 19 de Março de 2008
Recebi este e-mail...

Façam o seu protesto na página da Fenprof!


sejamos todos professores! não estejemos separados, tal como o Governo quer! 

Pois se existe Ensino é porque somos todos Professores!
Acima de tudo humanos! 
Façam o vosso dever neste endereço: 


http://www.fenprof.pt/protesto
 


Todos juntos ! Seremos uma classe! 
Separados: seremos o que o governo quer: duas classes a lutarem entre si e eles com a força toda! 
 
Passem a informção! 
 
Juntos conseguimos!
 



publicado por Suaveneno às 15:11
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 7 de Março de 2008
Marcha da Indignação...

 

Luto Pela Educação

 

 

mapa_educacao1.jpg

 

 

Fonte: http://kaixismo.wordpress.com/

 

 

 

 



publicado por Suaveneno às 21:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2008
Justifica-se submeter a exame candidatos a professores?

SIM

Baseadas no saudável princípio de que se justifica separar trigo do joio, as provas para apurar o domínio da língua portuguesa e o conhecimento científico dos candidatos a docentes é o melhor dique para conter pessoas impreparadas – por vezes tragicamente impreparadas – que prejudicam os alunos que o destino coloca no seu caminho.

Leonardo Ralha, Editor de Sociedade

NÃO

Deixar vários jovens escolher a área de ensino e barrar-lhes mais tarde o acesso à mesma através de um exame de duas horas não será o melhor método para seleccionar bons professores. O acesso à carreira docente deveria ser filtrado logo nas faculdades, que lançam para a rua licenciados sem lhes exigirem rigor e sabedoria.

Isabel Faria, Editora de Tv & Media

 

http://www.correiodamanha.pt

 



publicado por Suaveneno às 22:22
link do post | comentar | favorito

Prova de ingresso publicada

Uns escassos 120 minutos, o tempo de duração de cada uma das duas provas escritas a que os candidatos a professores serão submetidos – uma de componente comum, que testa as aptidões ao nível da Língua Portuguesa; outra mais específica, para apurar os conhecimentos científicos dos jovens – podem ditar o acesso ou a exclusão dos jovens à carreira docente.

 

 

 

 

 

Foi ontem publicado em Diário da República o decreto regulamentar que define as regras aplicáveis à prova de ingresso, muito contestada pela classe.

O Ministério da Educação quer ver aplicada uma diferenciação pelo mérito, por isso, vai exigir aos docentes rigor total nos erros gramaticais, nas más construções frásicas e na oralidade. Basta um deslize – nota inferior a 14 valores numa das três provas (além das duas escritas, em certos casos haverá uma avaliação oral ou prática) a que o candidato pode ser submetido – para deitar por terra o sonho do ensino.

Os professores titulares, que estão no topo da carreira e a quem cabe já as tarefas de gestão e administração nas escolas e a avaliação dos colegas para progressão na carreira, vão ter também nas mãos a chave de entrada na classe dos candidatos a professores. Para Mário Nogueira, secretário-geral da Fenprof, “todo o estatuto de carreira docente está construído para que o ministério veja num grupo de professores os carrascos dos outros docentes”.

“Em 90 minutos, num qualquer azar, o jovem é eliminado”, diz o sindicalista, sublinhando que quem sai da faculdade é já sujeito a quatro obstáculos: “A avaliação da formação científica, no estágio profissional, como contratados e quando entram para os quadros e, passadas estas três etapas, quando estão sujeitos a um período probatório.” A nova prova traz “a certeza de que milhares de jovens são eliminados”.

A Fenprof está a analisar o decreto regulamentar para decidir qual a resposta a dar ao documento que, no seu entender, é ilegal. O CM tentou, sem sucesso, apurar junto do Ministério quando é que a prova começa a ser aplicada.

APONTAMENTOS

QUEM FAZ A PROVA?

Só ficam excluídos da prova de ingresso os docentes que em dois dos últimos quatro anos (anteriores a 2007/2008) tenham sido contratados e os docentes com cinco anos de serviço efectivo que tenham obtido classificação mínima de ‘Bom’.

EXAME ORAL

Além das duas provas escritas, pode ainda existir uma prova oral ou prática, em áreas como as línguas, ciências experimentais e tecnologias de informação. Um candidato pode inscrever-se em mais do que uma área de recrutamento, mas tem de fazer os respectivos exames da componente específica.

INCAPACITADOS

O Sindicato dos Professores da Região Centro acusou ontem o Ministério da Educação de “abandonar à sua sorte” os professores incapacitados, obrigando-os a concorrer a serviços sem saberem onde há vagas.

 

 

fonte: http://www.correiodamanha.pt



publicado por Suaveneno às 22:14
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


posts recentes

...

Chás...

Um Anuncio que Todos devi...

Milagre?!!...

Já viram um rio passar po...

Por favor Assina... e pas...

Recebi este e-mail...

Marcha da Indignação...

Justifica-se submeter a e...

Prova de ingresso publica...

arquivos

Fevereiro 2012

Setembro 2011

Julho 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

tags

todas as tags

links
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds